7 melhores dicas para implementar o RH estratégico na fábrica

O RH estratégico é o setor que foca em resultados da companhia, desenvolvimento dos colaboradores e atendimento das necessidades da fábrica. Para isso, trabalha com base em indicadores e ferramentas que permitam analisar performances e acompanhar dados. Antes das inovações proporcionadas pela tecnologia, essa era uma área chamada de Recursos Humanos Operacional.

Ao contrário da abordagem estratégica, esse antigo modelo era voltado para atividades de Departamento Pessoal, ou seja, atividades burocráticas que envolviam somente recrutamento e seleção, rotinas de folha de pagamento e treinamentos.

O RH estratégico, que começou a tomar forma por volta dos anos 2000, é capaz de agregar valor, modernidade e potencializar os resultados de uma indústria. Se você precisa expandir sua empresa e ter maior controle sobre os processos internos, confira, a seguir, como implantar o RH estratégico.

1. Mapeie os processos da fábrica

Uma fábrica contém setores e atividades complexas e únicas, diferentemente de outros segmentos. Isso acontece porque muitas máquinas, funcionários e controles de qualidade estão envolvidos. Diante do grau de complexidade, o mapeamento de processos tem papel fundamental, inclusive para o RH estratégico.

Mapear é identificar e relacionar todas as fases de planejamento e execução das tarefas. Esse é um procedimento fundamental para que seja possível determinar a atuação de cada departamento, além, é claro, de identificar melhorias e possíveis falhas.

Para colocar em prática, o primeiro passo é definir quais são os principais processos, sendo que isso deve incluir tanto as atividades de produção quanto os controles internos (gestão financeira, de compras, logística, vendas, relacionamento com o cliente, entre outros).

Na sequência, levante quais são as entradas e saídas desses processos. As entradas são as fases iniciais, ou seja, pode ser o pedido de um cliente, recebimento das matérias-primas, por exemplo. Já as saídas são os resultados, isto é, o que foi produzido a partir das entradas.

Feita essa relação, será possível identificar as fases de um processo, todos os envolvidos, os custos das atividades e se há desequilíbrios e espaço para simplificação por meio de softwares de gestão e ferramentas tecnológicas.

2. Defina os objetivos do RH estratégico

O que você pretende aprimorar ou resolver? Essa abordagem inovadora do setor de recursos humanos objetiva não somente lidar com contratações e demissões: após modernizações, tem influência direta em processos importantes para uma fábrica. Então, entre os objetivos mais comuns, estão:

  • redução do turnover;
  • desenvolvimento de habilidades dos colaboradores;
  • criação de planos de crescimento profissional;
  • redução de custos com procedimentos burocráticos, falhos e ineficientes;
  • retenção dos melhores talentos disponíveis no mercado;
  • administração do engajamento e motivação no ambiente de trabalho;
  • potencialização da produtividade das equipes.

Esses são somente alguns pontos mais trabalhados pelo RH estratégico que resultam no aumento e melhoria da performance da fábrica. Afinal, com funcionários engajados, redução de custos e aumento da produtividade, tudo flui de maneira mais equilibrada e positiva.

3. Desenvolva políticas para retenção de talentos

Para atuar com os melhores profissionais de cada área, sua fábrica precisa ter uma cultura e regras bem-estruturadas para a retenção de talentos. Isso deve começar desde o processo da definição dos cargos até a maneira como se faz a divulgação da oportunidade e, posteriormente, durante as fases de entrevistas.

As políticas eficientes prezam por um bom plano de carreira, para que o ambiente laboral seja saudável e positivo e para que haja uma boa comunicação interna. Além disso, os salários sob demanda têm sido a opção mais utilizada no mercado. Ou seja, a remuneração se baseia nos dias já trabalhados e não se limita ao quinto dia útil, por exemplo.

4. Terceirize processos

Nem sempre uma empresa consegue ou precisa lidar com todos os processos por si só. A terceirização é uma estratégia eficiente que não somente agiliza muitas atividades, mas também melhora os resultados.

Principalmente falando em tarefas burocráticas e repetitivas, a prática de terceirizar é importante para focar na mudança de mindset da organização e ter recursos e tempo para atuar com esse RH inovador. Dessa forma, a fábrica não perde tempo com processos que podem ser feitos por outras empresas, podendo voltar toda sua força de trabalho para os benefícios do RH estratégico.

5. Modernize a fábrica

A modernização e automação das empresas já não é algo opcional se você deseja crescer e se manter no mercado. Quando falamos de processos estratégicos, isso passa a ser um procedimento ainda mais importante e indispensável.

Uma gestão voltada para o RH estratégico tem por base dados e resultados. Por isso, é necessário contar com tecnologias que permitam essa prática. Aqui, estamos falando principalmente de sistemas de gerenciamento, mas também não se esqueça de modernizar sua produção, pois isso interfere nos outros setores. Máquinas e equipamentos antigos, por exemplo, são mais lentos, ineficientes e frequentemente apresentam falhas.

6. Faça análises constantemente

Analisar os resultados de determinados períodos é a maneira que você tem para acompanhar processos, estratégias, o mercado, os investimentos e as mudanças. Somente assim será possível definir se o RH estratégico está funcionando conforme o planejado ou se necessita de ajustes e melhorias.

Esse acompanhamento pode ser feito por meio de indicadores e métricas que precisam ser avaliadas frequentemente. Esses dados, normalmente, são desenvolvidos pelos próprios sistemas, que geram relatórios gerenciais com informações valiosas para suas decisões.

7. Acompanhe os resultados

Coletados os dados, relatórios e informações de performance, é imprescindível definir políticas e períodos para a avaliação. Como dito, por meio do acompanhamento dos resultados, você consegue identificar falhas na gestão, bem como nas estratégias e processos, desequilíbrios e espaços para aperfeiçoamento.

Além disso, fazer esse acompanhamento também permite tomar conhecimento sobre o crescimento da fábrica. Assim, pode-se analisar se houve aumento no faturamento, na produtividade e até mesmo na qualidade do que é produzido.

Contudo, vale ressaltar que, para tirar proveito dos benefícios do RH estratégico, é imprescindível investir em um bom software de gestão. Somente por meio dessa ferramenta você conseguirá agilizar e automatizar processos e ter dados atualizados sobre a produção.

Para auxiliar na potencialização dos seus resultados e no crescimento das empresas, a Focco atua com módulos e soluções atualizadas, modernas e de fácil utilização que gerenciam desde os processos manufatureiros até a gestão financeira, de custos e comercial.

O RH estratégico é uma maneira de modernizar e aperfeiçoar os resultados de toda a fábrica e não somente de um setor. Para isso, é fundamental organizar processos e direcionar tempo e recursos para as tarefas que realmente importam e não com atividades burocráticas que podem ser terceirizadas.

Quer conhecer melhor nossas soluções para modernizar e potencializar sua fábrica? Acesse nosso site, peça uma demonstração de nosso ERP e acelere o crescimento de sua empresa!

E-book - ERP: Crescimento exponencial para sua empresa - Clique para baixar

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

Fazemos parte do movimento #OpenWeStand

X
gestão em tempo real - homem de meia idade usando gravata e camisa e mulher usando colete laranja veem informações no tablet, em uma fábricaprocessos logísticos - mulher analisando dados em um tablet no meio de um galpão logístico