Conheça os principais problemas enfrentados pela indústria e saiba como resolvê-los

Artigo escrito por Daion Schmitt Menegolla, consultor de pré-venda do FoccoERP. //

Seu comprador não consegue garantir o fornecimento de matérias-primas? Existem muitas perdas e desperdícios no processo produtivo da sua indústria? Sua fábrica está com excesso de materiais em processo? Sua empresa convive com atrasos rotineiros nos prazos de entrega? Grande parte do seu capital de giro está nos seus estoques? Você perde muito tempo planejando a produção de sua fábrica?

Se você se identificou com uma ou mais situações acima, não se assuste, pois não são exclusividade sua! Isso porque esses problemas são mais comuns do que você imagina, e fazem parte do processo de evolução de uma empresa.

Como surgem os problemas enfrentados pela indústria?

Quando as empresas iniciam suas atividades, os recursos são escassos e o negócio cresce à medida que as demandas surgem. Enquanto as organizações são pequenas, a gestão é mais facilitada. Porém, quando as empresas crescem, a falta de ferramentas de gerenciamento torna o controle extremamente oneroso e difícil – algumas vezes a gestão acaba sendo até mesmo abandonada.

A falta de controle de gestão causa efeitos colaterais, como o emprego de boa parte do fluxo de caixa nos estoques. Além disso, a situação piora quando os estoques são duplicados ou triplicados, ou seja, a empresa possui estoques de matérias-primas, material em processo e produtos acabados.

E não para por aí! Pode haver atrasos rotineiros nas entregas da produção, e a falta de insumos será constante. Para evitar esse problema, o comprador inflará os estoques de materiais que por vezes não são necessários, reduzindo assim o capital de giro.

Além disso, o setor financeiro passará a negociar constantemente prorrogações de títulos com os credores e será necessário contratar pessoas para conduzirem as reclamações de seus clientes que não receberam os pedidos nos prazos acordados.

Como resolver os problemas na sua empresa?

Solucionar esse cenário pode ser mais fácil do que parece!

Após a Segunda Guerra Mundial, as empresas necessitavam melhorar seus controles, produzir mais e de maneira mais organizada. Para suprir essa necessidade, nasceu o MRP – “Material Requirement Planning” ou “Planejamento de necessidades de materiais”.

O objetivo dessa ferramenta era realizar a gestão da necessidade de materiais dentro de um processo produtivo. Entretanto, após alguns anos, o MRP evoluiu para o que conhecemos hoje como MRP II – “Manufacturing Resource Planning” ou “Planejamento de recursos da manufatura”. Assim, ele passou a englobar mais informações, tais como:

  • capacidade produtiva;
  • carga máquina;
  • calendário de disponibilidade de cada recurso;
  • ocupação; entre outras.

Benefícios de utilizar o MRP para solucionar os problemas enfrentados

A implantação do MRP não é complexa e necessita inicialmente de uma estrutura de produtos ou de uma lista confiável de materiais. Além disso, ao utilizar o MRP aliado a outras técnicas (como almoxarifado de linha), é possível melhorar a acuracidade dos estoques, identificando com precisão o que, quando e quanto comprar e produzir.

A implementação do MRP traz diversos benefícios, como:

  • redução dos estoques, aumentado o capital de giro da empresa;
  • precisão na definição dos prazos de entrega;
  • maior assertividade das compras ao comprar somente o necessário;
  • eliminação de estoques em processo e aumento da produtividade.

Como vimos, resolver os problemas enfrentados pela indústria pode não ser tão difícil como você pensava! Está esperando o que para implementar o MRP? Então monte um plano de ação, seja o promotor da mudança e resolva de vez as dificuldades da sua empresa!

Aproveite para comentar quais dos problemas mencionados neste artigo você percebe no seu negócio! Nós podemos ajudá-lo a encontrar soluções adequadas de acordo com sua empresa. Fale conosco!

redução de custos para a indústria - baixe grátis

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

mercado de alimentação saudável - mulher comendo saladao que é MRR - pessoas analisando dados e gráficos em um escritório