Qual a importância da Ordem de Produção na indústria? Saiba aqui!

Os processos produtivos das indústrias são organizados com a utilização de ordens de produção, que facilitam as apurações de custos, reposições e programações de processos. Esse documento é indispensável para que o gestor consiga visualizar as necessidades da empresa e também para as previsões de entrega de pedidos. Apesar das dúvidas sobre a aplicabilidade da ferramenta, ela gera benefícios ao empreendimento.

Neste post, vamos explicar o que é a Ordem de Produção (OP) e como ela pode ser implementada, por exemplo, contando com um bom planejamento e tendo o entendimento das principais etapas envolvidas. Além disso, vamos apontar qual é a importância da Ordem de Produção na indústria, ressaltando os principais pontos sobre o assunto.

Gostaria de saber como a Ordem de Produção contribui para o planejamento dos processos? Então leia este artigo e veja essa e outras questões relevantes!

O que é Ordem de Produção?

A Ordem de Produção é um documento no qual são inseridos os dados principais de uma demanda de fabricação. Nele é descrito o que vai ser fabricado em determinado período.

Existem dois tipos de OP, sendo que a Ordem de Produção Contínua atende as especificações de manufatura em série, voltada para demandas de produtos padronizados e continuamente produzidos.

Já a Ordem de Produção Por Encomenda relaciona-se às demandas não contínuas, sendo utilizada para atender uma solicitação de um lote específico, por exemplo. Assim, os produtos dessa OP não permanecem em estoque.

Ambos os modelos de ordens servem para dar comandos de manufatura de itens e contêm várias informações, inclusive sobre o processo de fabricação desses produtos. Os dados principais são:

  • matéria-prima;
  • código do item e sua descrição;
  • quantidade a ser produzida;
  • prazo para a entrega.

A OP tem um ciclo de vida que inicia no seu planejamento e segue até o encerramento processo, tornando-se um elo entre diversos setores, como produção, estoque e compras. Para tanto, há uma programação e um controle que envolve gestores e colaboradores durante o processo de manufatura, que se inicia com o disparo emitido pela Ordem de Produção.

Como a Ordem de Produção pode ser implementada?

A implementação da Ordem de Produção exige conhecimento por parte dos profissionais envolvidos. O documento precisa apresentar um bom planejamento e o entendimento das principais etapas produtivas. Vale destacar que o uso da Ordem de Produção não é uma obrigatoriedade, mas ela confere organização aos processos.

O plano de produção é o responsável pela origem da OP, sendo esse o momento em que são determinados os materiais necessários à fabricação, além de serem feitos cálculos e planejamentos importantes. Um software de gestão ERP Industrial auxilia na elaboração desse plano, mas um colaborador precisa fazer a confirmação dos empenhos.

Depois disso, a liberação é realizada, e a ordem vai para a fábrica. Antes de dar início à manufatura dos itens, há uma conferência das matérias-primas e dos documentos. A OP passa a ser considerada requisitada após a solicitação dos materiais indispensáveis à fabricação. Contudo, pode acontecer de apenas uma parte deles serem requeridos, de modo que a ordem fica identificada como parcialmente requisitada.

Ao ser concluída, a OP fica com o status de encerrada. Nesse ponto, a matéria-prima já foi consumida pelo sistema de manufatura, e os produtos acabados abastecem o almoxarifado.

Como você pode ver, a fabricação dos produtos segue um roteiro que pode estar descrito em detalhes no documento. Todavia, se algum imprevisto ocorrer nesse processo, a Ordem de Produção pode ser cancelada.

Qual é a importância da Ordem de Produção nas indústrias?

A Ordem de Produção é muito importante para a produção nas indústrias. Com ela, os gestores e as equipes de colaboradores conseguem iniciar o processo de administração de toda a fabricação, desde o planejamento e a gestão da produção até o gerenciamento de compras, processo de compra e estoques. Veja a seguir as principais vantagens de implementar a OP na indústria!

Organização de processos

De forma geral, as indústrias têm ambientes de manufatura diferenciados e necessitam de muita organização para que tudo funcione adequadamente. Sem a implementação da OP, a desordem pode tomar conta dos processos, os prazos são perdidos, os pedidos atrasam e os clientes ficam insatisfeitos. Isso porque não há o registro de uma previsão clara de quando os produtos precisam ser enviados ao almoxarifado, por exemplo.

A desorganização impacta o atendimento das demandas e atinge os colaboradores que não conseguem alcançar as suas metas. Para os clientes, os problemas são ainda maiores. Isso ocorre porque eles não recebem os produtos na data combinada e perdem oportunidades de vendas. Dessa forma, com a OP, tudo fica organizado, as demandas são atendidas em dia, e os clientes são fidelizados.

Otimização de investimentos

As ordens de produção vão diretamente para o setor responsável pela fabricação dos itens. E é nesse local que estão as maiores chances de otimizar o processo de produção, ganhar eficiência operacional e realizar melhorias. Isso porque esse espaço é amplo e comporta a interferência dos colaboradores em diversos sentidos. Por isso, as tarefas podem ser mapeadas, analisadas e então otimizadas.

A OP serve para proporcionar o funcionamento adequado da linha de produção. A tecnologia existente já consegue auxiliar o gestor a elevar os níveis de qualidade e segurança, de modo que os investimentos realizados para aumentar a produtividade podem ser otimizados. Isso tudo permite a redução significativa de custos para tornar a empresa ainda mais competitiva.

Definição de um roteiro

O roteiro das operações e seus respectivos recursos são constituídos com sequências de procedimentos. Cada item pode ter o seu próprio roteiro pronto, que, ao ser transferido para a OP, é editado conforme for necessário. Nos casos mais comuns, o documento registra os insumos do produto e toda a operação com o seu respectivo código.

Quando a manufatura é iniciada, é feito o apontamento para registrar o início da operação. Esse processo possibilita a visualização da evolução da OP, com a confirmação das etapas que ainda precisam ser concluídas – essas etapas são compostas pelas tarefas ordenadas pelo documento.

Com isso, a evolução e o lead time podem ser controlados, através da verificação do que foi programado e do monitoramento do que ainda está sendo realizado.

Enfim, agora você já sabe qual é a importância da Ordem de Produção na indústria! é importante salientar, ainda, que a OP nas indústrias vai muito além de evitar atrasos e conferir satisfação à clientela. Sem esse documento, a linha de produção pode ficar sem rumo com as máquinas paradas, além de perder materiais, esquecer informações de quantidade e cometer equívocos inesperados.

Ainda tem dúvidas sobre Ordem de Produção? Então deixe o seu comentário aqui!

E-book - Como montar um processo de vendas na indústria - Clique para baixar

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

Fazemos parte do movimento #OpenWeStand

X
gargalos no processo produtivo - funcionários de uma indústria conversando sobre informações da produçãomarketing de incentivo - colaboradores de uma indústria utilizando capacete de proteção se cumprimentam com um aperto de mão