O que é lead time e qual sua importância para o negócio?

Um dos conceitos mais importante em negócios, em especial os industriais, é o lead time. Também chamado de tempo de setup, ele se refere ao período decorrido entre o início da preparação para a execução de uma atividade e o término do processamento.

Preparamos este artigo para que você entenda melhor sobre a relevância desse forte componente do desenvolvimento sustentável de suas operações. Continue a leitura e fique por dentro do assunto.

Como funciona o lead time?

Esse é um termo amplo, que pode ser aplicado em diversas situações. De forma simples, ele está relacionado à quantidade de tempo entre o começo e o fim de um processo. Por exemplo, o lead time para entrega ao cliente, ou seja, o tempo que passa entre a confirmação da compra e o recebimento do produto.

Isso também pode ser aplicado aos fornecedores, contabilizando o tempo em que o pedido é disparado e o recebimento dos insumos; a processos internos, como os períodos para ajustar uma máquina a fim de que ela mude faça outros produtos até o momento em que a produção é realizada; entre outras possibilidades.

O lead time se difere do chamado tempo de ciclo de produção. Neste último, é considerado apenas o período para a conclusão de uma tarefa específica e não de um processo que pode incluir várias rotinas. Mais especificamente, é o tempo medido que explica com que frequência uma peça é concluída por um processo específico. Isso quer dizer que o tempo considerado no lead time contém um ou mais tempos de ciclo.

Por que otimizá-lo?

Trata-se de um fator fundamental em dois aspectos que são muito relevantes para qualquer organização: a redução de desperdícios e o aumento da satisfação dos clientes. Especialmente em âmbito corporativo, tempo é dinheiro. Quando seus recursos ficam parados, diversos custos e despesas continuam sendo acumulados, como gastos com energia, aluguéis, salários de colaboradores, entre outros.

Isso sem falar que, normalmente, longos períodos de lead time internos sinalizam ineficiência na gestão dos processos. Empresas que operam dessa forma precisam de estoques maiores, o que gera perdas por imobilização de capital, além de inúmeros outros problemas na cadeia de suprimentos.

Já em relação aos clientes, qualquer demora além do esperado pode fazer com que eles mudem sua opção de compra futuramente. Em contrapartida, quando eles são surpreendidos e recebem o que compraram antes do prazo, isso gera uma percepção de valor maior, fazendo com que se fidelizem e se tornem promotores de sua marca.

Ou seja, entender quais são os lead times que fazem parte do contexto de suas operações e trabalhar para melhorar a produtividade de maneira racional e coordenada é algo que pode trazer grande impacto positivo às margens de lucro. É, sem dúvidas, um dos mais interessantes fatores de geração de diferenciais competitivos, o qual permite continuar crescendo no mercado.

Agora que você já sabe o que é lead time, que tal seguir nossas redes sociais para ficar sempre por dentro das novidades? Estamos no Facebook e no Instagram!

infografico-melhore-sua-performance-cta1-1 O que é lead time e qual sua importância para o negócio?

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

Fazemos parte do movimento #OpenWeStand

CONHEÇA!
X
gestao da producao