Perdas financeiras: como evitar na sua empresa?

Para manter o seu negócio lucrativo, além de se preocupar com o faturamento, um bom gestor deverá ficar atento às perdas financeiras. Afinal, em muitos casos, basta a empresa diminuir os seus gastos supérfluos para aumentar a lucratividade. E, consequentemente, a sua competitividade.

Contudo, deve-se tomar alguns cuidados ao reduzir os custos. Já que, ao tomar uma decisão errada, o valor entregue pelo seu produto ou serviço poderá ser reduzido, comprometendo a satisfação do cliente e os resultados das vendas.

Para descobrir como evitar, de maneira consciente e estratégica, as perdas financeiras de sua empresa, não deixe de ler este artigo até o final e conferir as nossas dicas!

O que são as perdas financeiras?

Existe um consenso no mundo empresarial de que, para prosperar e crescer, é necessário que uma empresa possua resultados financeiros positivos. Para isso, é preciso que o faturamento do negócio seja maior do que os custos, o que resulta em lucro.

Dessa forma, uma das maneiras mais viáveis de aumentar a lucratividade de um empreendimento é a redução de seus gastos. Contudo, é necessário tomar decisões estratégicas antes de realizar qualquer corte. Já que uma escolha errada poderá comprometer toda a operação.

Dessa forma, o gestor deverá descobrir quais são os custos desnecessários, que não trazem bons retornos e reduzem o lucro. E também deverá se preocupar em realizar ações preventivas em sua empresa. Com isso, ele descobrirá os possíveis gargalos que a tornam menos competitiva e que poderão colocar todo o empreendimento em risco.

perdas financeiras

Quais são as principais ações preventivas?

Implementar um sistema de gestão integrada em sua empresa

Para um gestor, um dos maiores desafios é conseguir fazer com que as diversas áreas da empresa consigam trabalhar em conjunto. E de maneira sincronizada, como uma engrenagem. Contudo, isso não é normalmente observado na prática. Já que é comum ocorrer uma quebra na comunicação entre os setores, reduzindo a produtividade.

Este problema pode ser facilmente resolvido ao aplicar na companhia um sistema de gestão empresarial. Com ele, as diversas repartições conseguem trabalhar de maneira integrada, facilitando a troca de informações. Assim, os gestores conseguem realizar tomadas de decisão mais eficientes, proporcionando melhores ganhos e evitando perdas.

Possuir maior controle na gestão de estoque

Outro problema enfrentado pelos gestores é conseguir fazer de forma eficiente a gestão de estoque. E quando esse controle é feito de maneira errada, existe uma grande probabilidade da empresa sofrer prejuízos e ter o seu capital de giro comprometido.

Se um produto se encontra em excesso no depósito, existe um risco da mercadoria demorar a ser vendida, fazendo com que o empreendimento tenha que esperar por um longo período para reaver o capital investido. Agora, se a quantidade de um determinado item for baixa, a companhia perderá vendas, pois o consumidor procurará um concorrente para sanar as suas necessidades.

Para resolver essa questão, é possível utilizar planilhas. Contudo, a maneira mais eficiente de realizar essa ação é a utilização de um software de gestão empresarial. Por meio dele, é feita uma análise conjunta entre a demanda e a saída de produtos, o que permite controlar o depósito em tempo real.

Essa ferramenta também oferece um histórico, o que permite ao gestor conhecer a procura pelo produto. Assim, é possível identificar os períodos em que ocorre o aumento ou a redução da demanda.

Possua bons indicadores de desempenho

Todo gestor sabe que, para conseguir guiar a sua empresa para o sucesso, é preciso possuir indicadores que embasem a sua tomada de decisões. Ao utilizá-los em conjunto com um ERP (Enterprise Resourse Planning) — um dos sistemas de gestão empresarial mais utilizados no mercado —, é possível analisar com mais eficiência a performance dos diversos setores da empresa, o que permite prevenir perdas financeiras.

De qualquer forma, para aumentar a lucratividade da companhia, em muitos casos, não é preciso investir na ampliação da operação. Basta identificar possíveis gargalos que desperdiçam recursos preciosos e prejudicam a produtividade.

Gostou das nossas dicas para evitar possíveis perdas financeiras? Então, que tal compartilhá-las em suas redes sociais? Com certeza, elas também serão muito úteis para seus amigos e colegas de trabalho!

reducao de custos para a industria

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

apontamento de producaoimplementacao-de-erp