Veja quais são as previsões econômicas para 2019

O Brasil passou por uma das maiores crises recentes da sua história. Uma recessão econômica que promoveu diversas mudanças nos hábitos dos consumidores e exigiu novas habilidades para lidar com esses desafios. Há boas previsões econômicas para 2019, demonstrando um cenário mais atraente para a economia brasileira.

Nessa ótica, é importante ficar atento a alguns dos principais pontos de melhoria para compreender as novas perspectivas de mercado. Quer descobrir tudo isso e muito mais? Então, confira a leitura de todo o artigo até o final. Veja logo abaixo!

Crescimento da economia em 2019

Em 2019, de fato, haverá um crescimento da economia brasileira. Após um período de seguidas recessões, os indicadores do IBGE demonstram que terá um aumento do Produto Interno Bruto (PIB).

Essa métrica é muito importante, pois representa a soma de todas as riquezas produzidas no país. Ou seja, se o PIB possui uma taxa de crescimento, é sinal de uma retomada da economia. Assim, todo o país sai ganhando.

Isso quer dizer que os mais diversos setores, por exemplo o comércio, voltarão a se recuperar. O boletim Focus, de 15 de junho de 2018, registrou que o PIB brasileiro deve crescer em torno de 2,7% em 2019.

Assim, a confiança na economia, associada à implementação de reformas, tende a gerar muitas melhorias ao país. A retomada desse crescimento revela que o ritmo de elevação deve se manter pelos próximos anos, afastando a economia dos períodos nebulosos de crise.

previsoes-economicas

Diminuição da inflação

A inflação é um importante indicador para a formulação de previsões econômicas. Ela será menor em 2019, pois há uma relação entre essa redução, o alto número de desempregados e o PIB brasileiro ainda estar abaixo do seu potencial.

É importante destacar que a inflação se refere a um aumento contínuo no preço dos produtos, diminuindo o poder de compra dos consumidores. Por isso, é fundamental manter essa métrica sob controle a fim de gerar um bom poder aquisitivo para a população.

Redução da taxa de desemprego

Dentre um dos principais fatores das previsões econômicas para 2019 está a diminuição da taxa de desemprego. Com isso, os consumidores poderão aumentar o consumo de bens, produtos e serviços, já que haverá uma estabilidade financeira.

A Organização Internacional do Trabalho (OIT) acredita que a taxa de desemprego deve cair no Brasil em 2019 para 12 milhões de pessoas. Esse fato é importantíssimo, pois desde 2014 não há diminuição desse indicador. A lógica para isso é simples, já que mais trabalhadores empregados promovem um crescimento de todo o mercado pela lei da demanda e da oferta.

Ao longo do artigo, foi possível perceber que os períodos de dificuldade e recessão econômica estão ficando para trás. O país vai entrar em 2019 com boas previsões econômicas e um ritmo de crescimento muito interessante, o que vai gerar diversos impactos para os consumidores e para as empresas.

Já viu nossa página no Facebook? Colocamos materiais interessantes e dicas continuamente. Curta agora mesmo para não perder nenhuma novidade.

gestao de fornecedores

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

gestao empresarialmargem-de-lucro-ideal