Como contratar mão de obra qualificada hoje em dia? Aprenda aqui!

Já não é novidade que a falta de mão de obra qualificada para ocupar as vagas nas empresas ainda tira o sono de muitos diretores, empresários ou empreendedores que se preocupam com a conquista de uma gestão de sucesso. Não importa o tamanho da organização, o problema muitas vezes é o mesmo para empresas de pequeno, médio ou grande portes.

O desafio é ainda mais difícil devido ao novo perfil dos jovens e ao crescente número de pessoas que pretendem ser empreendedoras e trabalhar por conta própria.

Pensando em ajudar você na missão de reconhecer a mão de obra ideal para a sua indústria, separamos algumas dicas. Para garantir a contratação dos profissionais corretos, listamos neste post os desafios para conseguir encontrar o colaborador ideal, além das características necessárias para agregar o máximo de valor ao seu negócio. Confira!

Quais são os desafios para encontrar mão de obra qualificada?

Toda contratação é resultado de um grande investimento de uma empresa. Não só pela remuneração que será paga ao profissional, mas, sobretudo, pelo tempo investido. Isso porque é preciso investir muitas horas para elaborar um processo seletivo, acompanhar os candidatos, analisar currículos e perfis profissionais.

Nesse cenário, podemos enumerar diversos desafios que permeiam o processo de contratação de mão de obra qualificada para uma empresa. Separamos três deles, os quais você precisa prestar ainda mais atenção.

Fit cultural

Fit cultural é uma expressão que tem sido cada vez mais utilizada pela área de RH das empresas. Significa que o profissional deve se encaixar dentro do código de cultura organizacional que foi desenvolvido e construído ao longo do tempo.

Contratar um profissional que não tem a mesma visão e valores da empresa, por exemplo, pode representar um problema no futuro.

Nível de experiência

Via de regra, estabeleceu-se que os profissionais são enquadrados em três tipos de nível, independentemente de sua área de trabalho: júnior, pleno e sênior.

Levando isso em consideração, a empresa passa a ter duas situações:

  1. identificar, na criação de uma nova vaga de emprego, qual é o nível de experiência que necessita de um profissional para aquele determinado trabalho;
  2. selecionar o profissional com aquele nível indicado.

Política de remuneração

Pode parecer algo óbvio, mas ainda existem diversas empresas que não têm um plano de carreira formalizado. Isso pode causar uma verdadeira confusão na política salarial da companhia, com funcionários em posição igual recebendo valores distintos, por exemplo. Além disso, outra consequência é o impacto negativo na atração e retenção de profissionais qualificados.

Se você ainda não está convencido de que há um desafio na atração de mão de obra qualificada, saiba que muitos executivos brasileiros acreditam que isso existe, sim.

Uma pesquisa elaborada pela Robert Half, uma empresa voltada para a área de recrutamento e seleção profissional, mostra que, de acordo com administradores, o cenário para contratação de mão de obra no Brasil, hoje, é mais desafiador que há cinco anos. Essa visão é compartilhada por nove em cada dez profissionais de liderança corporativa.

O curioso é que o nível de dificuldade relatada pelos executivos brasileiros é superior que o encontrado no resto do mundo. Na média, 72% dos gestores concordaram com a perspectiva de que há um desafio grande na contratação de mão de obra hoje comparado a cinco anos atrás.

mão de obra - pessoas sentadas esperando entrevista de emprego

Como encontrar mão de obra qualificada hoje em dia?

Agora que você entendeu melhor os principais desafios para encontrar a mão de obra ideal para a sua empresa, chegou a hora de saber como fazer isso. Então confira as dicas!

1. Defina um perfil profissional

O primeiro passo na hora de abrir uma vaga é saber bem o tipo de perfil profissional que você deseja e que a sua indústria precisa para garantir a satisfação dos clientes. Para tanto, comece descrevendo em detalhes as funções a serem exercidas pelo profissional.

Redobre a atenção e descreva especialmente as responsabilidades atribuídas à vaga, os conhecimentos necessários e as habilidades que os interessados devem ter. Eles também precisam estar alinhados aos valores e à cultura organizacional.

2. Priorize pessoas com mindset de dono

O sonho de qualquer gestor é encontrar colaboradores que realmente vistam a camisa da empresa. Priorizar pessoas com mindset de dono não é tão difícil assim. Percebe-se facilmente o brilho nos olhos de quem tem esse tipo de perfil.

Além disso, contar com profissionais engajados e comprometidos com o resultado como se eles fossem os próprios donos da empresa favorece um ambiente de crescimento e prosperidade.

3. Entenda onde estão os profissionais adequados

Para encontrar mão de obra qualificada é preciso pesquisar o mercado e entender onde estão os melhores profissionais.

Se precisar de alguém para ocupar um cargo de gestão, por exemplo, busque em instituições de ensino superior e de pós-graduação renomadas no mercado. Se a necessidade de um profissional qualificado em determinado posto é real e não existe ninguém dentro da empresa com potencial para ocupar esse cargo, o jeito é sair à procura, não acha?

Além disso, no caso de o déficit ser em uma posição do topo do organograma da indústria, considere contar com um headhunter. Esse tipo de profissional é especialista em recrutar executivos de talento — e ainda pode prestar um serviço de consultoria na seleção.

4. Desenhe vagas atraentes para os profissionais ideais

Quanto mais qualificada for a pessoa que você escolher, mais mercado ela terá. Ou seja, a preocupação em desenhar vagas atraentes deve ser maior.

Para entender melhor, imagine que você encontra alguém perfeito para um cargo. Uma pessoa proativa, que não se contenta com os processos estabelecidos e que vai além das suas atribuições. Isso sempre com o objetivo de melhorar o rendimento da sua área.

Se você não conseguir recompensar e reconhecer os esforços dessa pessoa, priorizar a retenção de talentos ou, no mínimo, deixar claro que há boas perspectivas para essa pessoa caso ela continue desenvolvendo um bom trabalho, o seu novo “camisa dez” poderá, em pouco tempo, reforçar o time de outra empresa.

Qual a vantagem de uma boa seleção de mão de obra qualificada?

Depois de montar um processo de seleção atrativo e eficiente, pensar na vaga ideal e se esforçar para acertar no perfil profissional que você quer atrair para a sua empresa, esperamos que você tenha sucesso.

A principal vantagem em acertar na contratação da mão de obra é entender que isso é uma etapa importante na valorização da equipe, afinal, um profissional interessante é capaz de motivar todo o time.

Encontrar mão de obra qualificada pode ser um desafio. Muitas vezes, falta tempo e sobra insegurança. Mas, sem dúvida, todo esforço dedicado a essa etapa do processo rende bons frutos.

Bons profissionais se auto gerenciam e asseguram não apenas um trabalho bem-feito, mas também excelentes resultados para a empresa.

Se você gostou do post, curta agora mesmo a nossa página oficial no Facebook e fique por dentro de outras dicas sobre o assunto!

E-book - Redução de custos para a indústria - Baixe grátis

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

marketing e vendasanalista fiscal