Como melhorar o controle de vendas da empresa de forma prática?

O controle de vendas é essencial para o bom desenvolvimento de uma empresa: se tal prática não for eficiente, será quase impossível atingir o sucesso. Ele é constituído por etapas, com o intuito de gerenciar todas as atividades que estão ligadas diretamente ao setor comercial da organização.

Pensando em ajudar você a trabalhar com os melhores métodos de controle de vendas dentro da sua empresa, vamos apresentar algumas dicas que podem ser implantadas nesse sentido. Ficou interessado em saber mais sobre o assunto? Então, continue com a gente!

O que é o controle de vendas?

Podemos dizer que a definição correta de controle de vendas está relacionada ao processo de mensuração e análise dos indicadores de desempenho da força comercial. Deve-se compará-los àquilo que era esperado, seja com base em resultados antigos ou nas metas que foram estabelecidas pelo planejamento estratégico ao avaliar as possibilidades de mercado.

Trata-se de um recurso utilizado para identificar eventuais desvios, determinar suas causas e apontar as medidas corretivas adequadas para lidar com diferentes situações. Isso vale principalmente para o que diz respeito ao tempo entre o contato inicial e o fechamento, ao volume de vendas, às despesas comerciais e a todas as demais atividades inerentes ao processo.

O controle de vendas garante a produtividade da força comercial, sendo que seu mecanismo varia dependendo do tipo de empresa. Assim, os gestores, representantes e vendedores se mantêm sempre alertas e ativos, tornando-se consistentes em suas ações.

Os cuidados necessários

Um sistema de controle de vendas deve ser planejado com cuidado, pois não pode ser frouxo nem rigoroso demais. Se as metas forem subestimadas, certamente a empresa não vai alcançar os patamares que deseja. Caso o controle engesse as possibilidades de atuação das equipes, por outro lado, pode ser ainda mais prejudicial para a performance.

Por isso, é importante desenhar um modelo de controle de vendas que se adapte à sua realidade. Para tanto, é preciso analisar:

  • a natureza de seus produtos ou serviços;
  • a maturidade e o nível de conhecimento dos vendedores;
  • o grau de cooperação;
  • o tipo de trabalho e sua penetração de mercado, entre outras variáveis ​​relevantes.

Tenha em mente que o controle não deve ser utilizado simplesmente para encontrar as falhas dos outros ou colocá-los para baixo, em caráter punitivo. O objetivo é manter sua equipe de vendas no caminho certo e ajudá-la a acelerar suas iniciativas.

As ações devem ser monitoradas para que fique mais fácil entender quais delas geram mais resultados e aquelas que precisam ser repensadas ou mesmo eliminadas. Desse modo, é possível cometer menos erros e economizar recursos.

A importância dessa prática

O controle sobre as atividades de venda deve ser exercido pelos gestores por meio de supervisão. As metas estabelecidas provavelmente só serão atingidas se as ações previstas nos planos forem corretamente executas. Por isso, é fundamental acompanhar o que está acontecendo para poder agir ao menor sinal de que as coisas não estejam dando certo.

Não importa se sua equipe comercial trabalha de forma independente ou seus representantes estão longe da base central da empresa: em tais cenários, problemas de coordenação podem surgir com um gerente ou outros vendedores. Portanto, o controle é até imprescindível nessas situações.

Uma metodologia do tipo também ajuda a manter a transparência de todas as iniciativas, além dos resultados de cada vendedor e dos times em conjunto. Dessa forma, o gerente pode agir de maneira mais direta, analisando e corrigindo quando for o caso, mas também reconhecendo aqueles que estão atingindo ou até superando os desafios estabelecidos.

Com o controle de vendas, é possível direcionar os esforços comerciais visando maximizar a lucratividade e garantir que os clientes recebam sempre o melhor atendimento possível. Ele ajuda tanto na prospecção quanto na conversão.

Ao utilizar uma ferramenta de controle de vendas, você não estará atingindo somente a área de vendas, mas tudo aquilo que é derivado desse setor, como:

  • o estoque de produtos;
  • as finanças da sua empresa;
  • o atendimento ao cliente;
  • a otimização do processo de compra até o pós-venda.

O controle de vendas é essencial para qualquer empresa. Com ele, o negócio se torna mais organizado e tem um maior controle sobre diversos setores do ramo comercial, o que possibilita o alcance de melhores resultados.

controle-de-vendas-1 Como melhorar o controle de vendas da empresa de forma prática?

Como melhorar o controle de vendas na empresa?

Estabeleça um mapa de vendas

O mapa de vendas possibilita a identificação de:

  • quando um item foi vendido,
  • para quem foi vendido,
  • quando foi entregue,
  • o momento exato da entrada do dinheiro em caixa.

Um mapa de vendas pode identificar também quais são os produtos mais comercializados por sua empresa. Essa informação vai auxiliá-lo nas tomadas de decisões sobre seus investimentos, a fim de obter os melhores resultados possíveis.

Faça o controle orçamentário de suas atividades

Com um bom controle de vendas, um controle orçamentário mais eficiente pode ser elaborado, contendo todo o fluxo financeiro e os dados do livro caixa. Assim, outros relatórios serão preparados e estudados com mais tempo para que haja um maior controle sobre os recursos da sua empresa.

Crie e mantenha todos os registros das operações

É muito importante registrar toda venda que for realizada. Essa informação pode ser bastante útil tanto para fins fiscais quanto para atendimento ao cliente ou, até mesmo, o controle do fluxo de caixa.

Os registros são feitos de maneiras distintas, dependendo do volume de vendas que a sua empresa realiza. O importante é ter os dados em mãos para que você possa encontrá-los quando necessário.

Elabore um banco de dados com as informações de seus clientes

A criação de um banco de dados permite que você conheça bem todos os passos que seus clientes dão dentro da empresa. Com isso, será possível oferecer um atendimento personalizado, adotando ações que serão chamativas e atraentes para eles, o que aumentará suas vendas.

Utilize um software ERP

Aqui entra o ERP (Enterprise Resource Planning), que em português equivale a Planejamento de Recursos da Empresa. Trata-se de um software de gestão muito importante para administrar seu negócio da melhor forma possível.

Com o ERP, você consegue deixar a rotina da companhia mais organizada, acessível e rápida, pois todos os setores ficam interconectados. No caso da área de vendas, é possível manter uma maior organização de seus clientes e das transações.

O software possibilita uma gestão de estoque mais eficiente, oferece um maior conhecimento do seu público-alvo, fornece melhor atendimento ao cliente, torna as informações mais acessíveis e consegue enxergar as finanças corporativas em tempo real.

Por tudo isso, fica clara a importância do controle para sua empresa, sendo imprescindível melhorar a forma como essa atividade acontece em seu negócio. Nesse contexto, a implantação de um software ERP traz diversos benefícios para a gestão comercial.

O controle de vendas é um processo muito relevante, que deve ser constantemente evoluído e aperfeiçoado. Aqueles que conseguem utilizar suas práticas em favor do crescimento das operações de relacionamento com os clientes geram inúmeros diferenciais competitivos que são determinantes para o sucesso.

Gostou deste artigo? Então, siga nossas redes sociais e fique sempre por dentro das novidades. Estamos no Facebook, InstagramTwitterLinkedIn e YouTube!

cta_ebook_guia_completo_estruturar_vendas Como melhorar o controle de vendas da empresa de forma prática?

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

Fazemos parte do movimento #OpenWeStand

CONHEÇA!
X