Automação da força de vendas: como fazer e quais são as vantagens?

O setor de vendas é o coração de muitas empresas. Afinal de contas, a comercialização e a revenda de produtos assumem papéis de protagonismo na geração de um fluxo de caixa positivo. Nesse cenário, a automação da força de vendas é uma forma inteligente de alcançar uma produtividade maior, qualificando todo o andamento do processo.

Ao longo do artigo, você confere como diminuir a carga de trabalho do vendedor em campo. E o detalhe: tudo isso aumentando o controle dos procedimentos e incrementando o lucro oriundo das vendas do negócio. Siga conosco e faça boa leitura!

O que é a automação da força de vendas?

Já ouviu falar a respeito dessa metodologia? Pois bem: a automação da força de vendas significa a adoção de ferramentas capazes de possibilitar o auxílio à equipe externa na tomada das melhores decisões durante a jornada de vendas.

Em outras palavras, você consegue minimizar riscos, eliminar erros e reduzir a repetição de tarefas. Esse é o tripé para o alcance do sucesso comercial em qualquer empresa.

Apesar de aparentemente simples, muitos empreendedores encontram dificuldades na hora de colocar todo o planejamento em execução.

A automação exige a criação de determinados fluxos e processos para evitar um acompanhamento manual de cada etapa. Isso poupa seus vendedores de gastarem o tempo com atividades que podem ser automatizadas.

Uma maneira de deixar mais clara a importância de um projeto de automação da força de venda é por meio de exemplos práticos. Acompanhe a seguir!

Exemplos de uso da automação da força de vendas

Imagine o seguinte cenário: um cliente aparece como interessado por um produto da sua empresa. O vendedor passa a sanar todas as dúvidas e tenta quebrar as objeções para a conversão de compra. Com isso, o consumidor em potencial afirma que precisa de um prazo um pouco maior para pensar e definir pela concretização ou não do negócio.

Depois de algumas semanas, há um contato por telefone para oferecer uma proposta de venda. Esse é um cenário tradicional, sem o uso das facilidades proporcionadas pela adoção de um projeto de automação. A seguir descrevemos o mesmo caso, mas com alguns pontos de clara diferença entre os modelos.

O cliente se interessa por determinado produto e já informa seus dados de contato no site da empresa (e-mail e telefone). Com o uso de um software de automação de e-mail marketing, há uma triagem de ordem de prioridade para resposta e envio de maiores informações do item.

Objetivo e personalizado, o atendimento cai no gosto do usuário. Após algumas visitas sucessivas ao site, a reputação da marca cresce aos olhos do visitante, e um vendedor é direcionado para realizar uma ligação telefônica. Assim, apresenta-se uma oferta e o representante da empresa procura quebrar as objeções, conduzindo a jornada de compra de modo mais efetivo.

Percebeu como a automação da força de vendas pode melhorar resultados comerciais e ao mesmo tempo trazer mais eficiência operacional? Aí está o poder da aplicação dessa ferramenta.

Como implementar a automação dos processos de vendas?

Existem determinados pontos que não podem ficar de fora de um planejamento de sucesso. Veja a seguir uma lista indispensável.

Uso de um software de gestão

As ferramentas de gestão ganharam bastante relevância para qualquer negócio que almeja crescer exponencialmente. Dentre as diversas aplicações desses softwares, ganha destaque o processamento de dados referentes às atividades e processos de compra do negócio.

Isso possibilita uma visualização em tempo real dos fluxos de compras/vendas, bem como a antecipação de situações desafiadoras futuras, identificando oportunidades.

No planejamento de uma automação de vendas, os softwares de gestão auxiliam na definição de processos e geram informações confiáveis sobre a marca. A consequência direta é uma maior segurança ao lidar com os clientes em potencial, já que há uma gestão organizada e assertiva.

RPA (Robotic Process Automation)

RPA pode parecer um termo novo para muitos empreendedores. Entretanto, essa sigla nada mais é do que o uso de softwares (“robôs”) para substituir tarefas repetitivas.

Ou seja, os programas “imitam” as atividades humanas com a intenção de entregar atividades em um tempo menor, sem a necessidade de um gestor ao lado.

Desenho e definição de processos que podem ser automatizados

Aqui está uma dica básica para qualquer projeto de automação de vendas: tenha clareza a respeito do que pode ser modificado para ganho de eficiência e escala. Afinal, nem todos os setores de uma empresa têm a aptidão necessária para passar por essa transformação digital.

Faça uma modelação dos processos que mais oneram o trabalho dos vendedores. Na sequência, é interessante aplicar um checklist a fim de colher informações valiosas do que está no campo de vendas. Só então podem ser adotados sistemas de automação. Além disso, é importante compreender que as mudanças devem sempre ocorrer de forma gradual e crescente.

A exclusão de um canal na íntegra não costuma valer a pena: é possível combinar diferentes maneiras de contato. Afinal, as vendas por telefone podem atuar como estratégia simultânea ao formato de atendimento online, por exemplo. Planejamento é a palavra-chave para ter sucesso na empreitada. Não se esqueça disso!

Qual é a importância do ERP no projeto?

O ERP é um dos softwares mais conhecidos e adotados em empresas de diversos nichos e portes financeiros. Ele funciona como um integrador dos departamentos internos da empresa, apresentando interface única para analisar indicadores e processos. A verificação em tempo real, aliás, consiste em um dos grandes diferenciais desse tipo de software.

Capaz de auxiliar no bom planejamento e principalmente na execução perfeita da automação de vendas, o ERP demanda uma análise constante dos resultados obtidos. Assim, novas adequações ocorrem, e mais processos recebem automação. Afinal, cada empresa possui particularidades na sua organização interna que devem ser respeitadas.

Ao longo do material, você pôde compreender como a automação da força de vendas já é uma realidade em inúmeras empresas que buscam agilidade e otimização de tarefas. Vender cada vez mais é um objetivo geral.

Curtiu o post? Foi útil? Então acompanhe as nossas redes sociais para ficar por dentro das novidades do mercado: estamos no Facebook, no Instagram, no Twitter e no Youtube esperando por você!

Guia completo sobre vendas B2B pela internet - Clique para baixar o e-book

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

inteligência comercial - equipe de vendas conversando ao redor de uma mesa de escritórioprecificação em tempos de crise - calculadora e caneta sobre uma folha com uma tabela preenchida por números