Descubra o que é e como fazer a análise de concorrência

Diante de um mercado cada vez mais competitivo, conseguir se destacar é muito importante. Por isso, conhecer bem o seu negócio e o mercado em que está inserido se faz fundamental. Para tanto, dedicar-se à análise de concorrência é uma ótima estratégia para quem deseja alcançar o sucesso. 

Mas, você sabe o que é a análise de concorrência e como realizar na sua indústria? Neste post, você encontrará os motivos pelo qual deve realizar essa análise e aprenderá a efetuá-la de modo eficaz. Acompanhe!

O que é a análise de concorrência?

A análise de concorrência, ou análise de mercado, é a prática de monitorar seus concorrentes regularmente, ou seja, empresas que ofertam produtos similares aos seus. Dentre os aspectos que você pode acompanhar estão os preços, a gestão comercial, a experiência do cliente, entre outros.

Esta prática é bastante importante para as etapas de planejamento e de gerenciamento de vendas, pois permite:

  • Melhorar as tomadas de decisões com base em boas práticas;
  • Identificar riscos e oportunidades que são capazes de prejudicar ou de impulsionar as suas vendas.

Geralmente, as atividades relacionadas à análise de concorrência estão dentro de um grupo de atividades maior, conhecido como inteligência comercial.

Qual a importância de analisar os concorrentes?

A análise de concorrência tem um papel muito importante na gestão. É por meio dela que o gestor poderá saber como sua indústria está posicionada no mercado em relação à concorrência. Assim, poderá identificar o que diferencia o seu negócio do restante.

Essa estratégia permite, ainda, que você identifique seus pontos fortes em relação à concorrência, além dos aspectos que precisa melhorar. Dessa forma você pode conquistar mais clientes e se tornar mais competitivo.

De forma geral, podemos dizer que a análise de concorrência permite que você crie estratégias para:

  • Incrementar suas vendas;
  • Aumentar seu faturamento;
  • Melhorar o posicionamento da sua indústria no mercado.

Além disso, a tomada de decisão ganha mais informações e recursos para ser executada com maior precisão, reduzindo potencialmente seus riscos.

Como sua indústria pode realizar a análise de concorrência sem erros

Para que a sua análise de concorrência seja a mais exata possível, é necessário  um processo bastante estruturado. Por isso, trouxemos um passo a passo para tornar esta tarefa mais eficaz. Confira a seguir!

1 – Defina os seus concorrentes

Em primeiro lugar, você precisa estabelecer quem são os seus concorrentes dentro do segmento em que sua empresa atua. Pode parecer uma tarefa fácil, no entanto, é preciso listar tanto seus concorrentes diretos como indiretos.

Imagine que você tenha uma fábrica de bicicletas. Seus concorrentes diretos são aquelas indústrias que produzem o mesmo produto que você, ou seja, bicicletas. Já os concorrentes indiretos disputam o mesmo público-alvo, porém com produtos semelhantes, como patinetes e patins.

Ao definir os seus concorrentes diretos ou indiretos, é importante buscar identificar quais os que competem de forma mais acirrada com o seu negócio. Podem ser empresas que estão localizadas geograficamente mais próximas, ou ainda que praticam estratégias de comunicação e vendas semelhantes à sua. 

2 – Analise o comportamento do mercado

Já na segunda etapa, é necessário que você entenda profundamente como o mercado que você está inserido funciona. Assim, poderá desenvolver estratégias de vendas e comunicação mais assertivas.

Este estágio é bastante complexo e é necessário avaliar alguns aspectos como:

  • Público-alvo: aqui, é necessário conhecer profundamente seu público, como hábitos de consumo e estilo de vida. Além disso, levante dados como idade, profissão e classe social;
  • Fornecedores: é preciso levar em conta tudo que pode impactar na produção do negócio, como preço, prazo e negociação. Nunca se esqueça: empresas bem-sucedidas têm fornecedores bons, de confiança e que agregam valor ao negócio;
  • Produto: estude o produto da concorrência a fundo, listando todos os seus pontos fortes e fracos. Tente ser o mais imparcial possível nesta etapa.
  • Projeções de mercado: a avaliação econômica do seu mercado de atuação dá uma perspectiva de estabilidade financeira para o negócio. Essa análise de projeções favorece a realização do planejamento de investimentos e, além disso, demonstra se existe uma necessidade de reserva de capital para determinados períodos.

3 – Utilize ferramentas que auxiliam na análise

Existem algumas ferramentas que podem auxiliar no processo de análise de concorrência. Dentre elas, a matriz SWOT, que atua no mapeamento de pontos fortes, fracos, oportunidades de mercado e ameaças tanto dos seus produtos como da concorrência.

Além disso, você pode utilizar ferramentas como:

  • Google Alerts: permite criar alertas para receber diariamente os últimos conteúdos que falam sobre seu cliente que foram publicados na internet;
  • Reclame Aqui: neste portal você pode verificar as reclamações em relação ao produto do seu concorrente e também os padrões de resposta que ele fornece aos consumidores. Isso poderá, por exemplo, dar indícios de como é o relacionamento da empresa com seus clientes;
  • Social Mention: esta ferramenta reúne todas as menções aos seus concorrentes nas redes sociais, podendo coletar ótimas informações sobre eles e o seu mercado;
  • Ubersuggest: permite verificar o desempenho de seus concorrentes quando o assunto é tráfego orgânico – aquelas visitas ao site que começam a partir de uma pesquisa no Google.

As 5 forças de Porter: quais são e como atuam na análise da sua concorrência

As forças de Porter são um método bastante utilizado quando se fala em análise de concorrência, pois permitem entender o nível de competitividade de um mercado. Além disso, elas ainda auxiliam no mapeamento de fatores setoriais que podem impactar diretamente em um negócio.

São elas:

  1. Rivalidade entre concorrentes;
  2. Poder de barganha dos fornecedores;
  3. Poder de barganha dos compradores;
  4. Ameaça de novos entrantes;
  5. Ameaça de produtos ou serviços substitutos.

Ao identificar essa análise de forças na indústria, sua empresa pode se preparar para se defender ou utilizá-las a seu favor. A intenção aqui é encontrar uma posição estratégica que seja capaz de fortalecer seu negócio perante a sua concorrência.

Para que você possa melhorar o posicionamento e tornar sua empresa mais competitiva, ter uma gestão baseada em dados é fundamental. Por meio dela você consegue reduzir custos de forma mais estratégica e impulsionar suas vendas. O FoccoERP é o parceiro ideal para isso, pois proporciona uma gestão completa de todos os setores da sua fábrica, de forma ágil e eficaz. Converse com a nossa equipe de especialistas e conheça nossa solução.

Como encontrar oportunidades de mercado para a indústria - Baixe o guia completo

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

experiência do consumidor - copo de café da Starbucks com um nome do cliente e corações desenhadoscanais de vendas - imagem de um carrinho de compras online e ao fundo uma mulher com o dedo erguido tocando uma tela invisível