5 dicas para se fazer uma precificação de produtos no exterior!

Saber como fazer a precificação de produtos no exterior é imprescindível para que a sua empresa possa se sobressair no mercado internacional. Diante disso, uma boa estratégia de preços também desempenha papel fundamental para que todo o esforço receba a recompensa ideal.

Logo, é essencial que a precificação englobe aspectos de eficiência comprovada, evitando que a sua corporação sofra qualquer tipo de prejuízo, sobretudo de ordem financeira. Custos com armazenamento, impostos e outros fatores devem ser contabilizados no montante final.

Parece complicado, não é mesmo? Mas preparamos este post para desmistificar determinadas coisas, a fim de que você consiga crescer e realizar a sua precificação de forma correta e prática. Confira!

Por que é importante saber realizar a precificação dos produtos no exterior?

Falando de maneira mais direta e objetiva, o preço de uma mercadoria é a representação financeira calculada conforme os seus custos e a visão de valor da sua empresa.

Diante disso, a formação final do preço consiste na soma de todas as despesas geradas, como impostos, competitividade no mercado, margem de contribuição etc.

Por outro lado, a empresa deve sempre manter a coerência com relação aos valores que estão no mercado. O objetivo é lançar um preço mais chamativo para os consumidores, sem jamais deixar seu negócio no prejuízo, claro.

Quais são as principais dicas para fazer uma precificação de produtos no exterior?

São inúmeras as formas para realizar a precificação de um produto no mercado. A seguir, trazemos as principais dicas para você aplicar no seu negócio!

1 Conheça seu público-alvo

Este ponto é um dos mais importantes para qualquer tipo de empreendedorismo. Afinal de contas, conhecer o seu público-alvo ajuda bastante a organizar a precificação.

De forma resumida, podemos dizer que a sua empresa é formada pelos clientes que ela possui, ou seja, a imagem que você tem reflete o desejo dos seus consumidores. E, reconhecendo quem eles são, a tendência é notar prosperidade crescente nos negócios.

Ao entender o comportamento dos consumidores, você delimita facilmente um valor coerente à realidade do mercado. Como consequência, vende-se um produto com valor agregado, garantindo uma margem de lucro considerável a partir do número de vendas ideal.

Vale lembrar que, caso você invista em itens com um menor valor agregado, direcionados mais para o consumo em massa, a sua margem de lucro será um pouco menor, mas com maior número de vendas.

2 Atente-se aos custos

O valor final da sua precificação deve sempre se basear nos custos que você teve ao produzir e exportar um produto. Portanto, agregue no valor no final todas as despesas geradas durante os processos.

Os custos mais frequentes são a matéria-prima comprada, o frete, os impostos, os gastos com embalagens e com a mão-de-obra. Logo, é necessário realizar a soma de cada um dos gastos gerados para a produção da mercadoria, a fim de abater no valor final e não desencadear prejuízos para o empreendedor.

Somando todos os montantes e distribuindo pelo número de mercadorias produzidas, você obterá o valor ideal para a venda, englobando as despesas e gerando mais lucro.

3 Inclua no cálculo os impostos e as certificações de qualidade

A quantidade de impostos que nós brasileiros pagamos está longe de ser novidade. Diante disso, toda a carga tributária exige cálculos precisos, a fim de diluir todos os tributos quitados no preço final da mercadoria que a sua corporação venderá no exterior.

De quebra, conheça a fundo a legislação vigente do país que em você deseja realizar as vendas. Afinal de contas, para manter atividades comerciais em determinada nação, é necessário pagar pelas certificações e selos de qualidade adicionais.

4 Saiba quais são seus concorrentes

Hoje em dia, vivemos em uma era de constante transformação. Por esse e outros motivos, nova ideias surgem a todo instante, em conjunto com novas estratégias para empreender.

Ferramentas tecnológicas, por exemplo, representam grandes aliadas das principais empresas de diferentes setores, uma vez que contribuem para a evolução considerável. Assim, dentro de um curto espaço de tempo, a tecnologia aumenta bastante a competitividade das corporações.

Considerando esse cenário, qualquer instituição precisa se dedicar para ganhar destaque em meio a tanta concorrência.

Dessa forma, uma marca que conhece o mercado e seus concorrentes consegue encontrar um preço ideal e atrair muitos clientes. Esse valor será capaz de cobrir todas as despesas e ainda gerar um lucro importante. Isso tudo sem jamais ultrapassar o preço já praticado no mercado.

5 Conheça a aplicação dos regimes aduaneiros especiais

Os regimes aduaneiros especiais são aplicações do comércio exterior que possibilitam a permissão da isenção parcial ou total dos impostos referentes à exportação de mercadorias no Brasil.

Os tributos consistem em valores consideráveis no momento de realização da precificação das mercadorias. Se forem altos demais, existe o risco de os clientes responderem de modo negativo ao preço final dos produtos. Desse modo, é fundamental entender se os produtos que você, empreendedor, deseja vender podem usufruir de tal benefício.

Além disso, vale ressaltar a possibilidade de incluir Incoterms no processo, facilitando ainda mais o desenvolvimento das ações tomadas, como a precificação de produtos no exterior.

Ao longo do texto percebemos que, para se fazer uma precificação de produtos no exterior, muita dedicação e comprometimento aparecem como elementos primordiais, mas longe de serem inalcançáveis. Qualquer empresa que se esforça nesse sentido termina colhendo bons frutos.

Ademais, com todas as dicas listadas, fazer a precificação tende a ser mais fácil para você. Ainda que diante de um mercado tão vasto, competitivo e diversificado, não é impossível tornar sua empresa mais próspera. Existem várias companhias no mercado, mas cada uma apresenta singularidades. Ou seja, há um próprio espaço a ser explorado por todas elas.

Gostou do post? Então aproveite a visita ao blog, curta a nossa página no Facebook e acompanhe nossos conteúdos também por lá!

E-book: A bíblia da formação de preços para a indústria

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

compra de matéria-prima - homem em um estoque conferindo os insumos disponíveissupply chain - imagem com dominós em queda e uma mão segurando os demais da fila para que não caiam