Como novas formas de pagamento funcionam no mercado B2B

Você sabia que as formas de pagamento oferecidas por sua empresa causam um grande impacto na jornada de compra? A diversificação representa uma ótima estratégia de negócios e também é requisitada na indústria. A tecnologia, por sua vez, vem mudando o cenário atual, acrescentando uma variedade de alternativas muito atrativas para as empresas.

Ignorar as tendências e novidades que surgem constantemente no mercado pode ser bastante prejudicial aos empreendimentos em ascensão. Além de perder a oportunidade de preparar o seu negócio do ponto de vista competitivo, você fica sem um diferencial para atrair e converter novos contatos e aumentar sua lucratividade.

Ficou interessado em saber como as novas formas de pagamento tendem a afetar o mercado B2B? Continue acompanhando e confira a importância desse quesito!

Qual a importância de se adequar às novas formas de pagamento?

Atualmente, os meios de transação mais utilizados na indústria são o crédito comercial tradicional, pedidos de compra, cartão de crédito, transações bancárias, crédito instantâneo etc. Ainda que cumpram o objetivo, existem alguns desafios que as empresas B2B enfrentam nesse modelo.

Um deles é o alto custo do estilo tradicional. No caso de pedidos de compra, por exemplo, quanto mais o comprador demora ao realizar o pagamento, mais cara fica a transação para o vendedor. Isso acaba impactando diretamente no relacionamento com os fornecedores, muitas vezes impedindo boas oportunidades de negócio.

O crédito comercial também consiste em um desafio para os empreendedores do ramo. A alta taxa cobrada diminui o lucro de forma considerável e, por isso, essa não é uma solução muito eficiente para as empresas.

Porém, ao citar esses detalhes, ainda estamos muito focados nos problemas de empresas. Disponibilizar novas formas de pagamento é um meio eficiente de beneficiar o seu próprio negócio e, também, os seus clientes.

A diversificação virou um grande fator de conversão, impactando diretamente na hora de fechar um negócio.

Ao adotar a tecnologia para ampliar os meios de pagamentos aceitos em sua empresa, você também qualifica a taxa de conversão de vendas. Essa prática agrega segurança e conforto ao público, proporcionando uma experiência de valor com a sua marca e, de quebra, incrementando o faturamento. 

Quais são as novas formas de pagamento?

Agora que você conferiu a importância de investir na tecnologia para disponibilizar novos meios de transação, conheça as alternativas que estão chegando no mercado B2B!

Biometria

A segurança é um dos aspectos mais importantes e valorizados pelos clientes durante uma negociação. Esse processo envolve diversos dados sensíveis que, nas mãos erradas, podem trazer sérios problemas para ambas as partes.

Portanto, podemos afirmar que o investimento em novas formas de pagamento é essencial para fornecer proteção aos usuários e, consequentemente, despertar a confiança do público em suas soluções.

A biometria, por exemplo, visa garantir a total segurança dos usuários. Ela usa características físicas para assegurar a integridade dos dados, cumprindo papel de referência nesse quesito. Considerando as altas quantias negociadas no modelo B2B, essa proteção é um diferencial relevante para empresas e clientes.

A Mastercard vem testando um sistema de leitura biométrica para as transações online. Enquanto isso, a Visa desenvolve uma solução de autenticação baseada nos leitores dos smartphones, com o auxílio de aplicativos específicos aos usuários.

PIX

O PIX é uma solução desenvolvida pelo Banco Central do Brasil com o objetivo de trazer maior agilidade às formas de pagamento. Esse projeto leva em consideração a demora e as restrições que os meios de transação atual têm — como DOC e TED.

No caso do primeiro exemplo, ele só é compensado no dia seguinte, enquanto o segundo pode demorar algumas horas até o valor ser creditado em conta — lembrando que essas modalidades de transferência acontecem apenas em dias úteis.

Assim, buscando contornar a situação e dar competitividade às empresas, o PIX foi projetado com potencial e capacidade de substituir DOC, TED e outros meios de pagamento tradicionais. Nele será possível fazer transações a qualquer hora e dia da semana. Outra vantagem da solução é a praticidade de uso, via smartphones ou computadores sem nenhuma complicação.

Eles podem ser executados de diferentes maneiras, como NFC, QR Codes, entre outros meios — incluindo informações, como CPF, número de celular e endereço de e-mail. O grande diferencial do PIX é a agilidade, levando no máximo 10 segundos para o processamento.

A nova abordagem se mostra muito relevante para a indústria B2B, já que permite a realização de transações entre pessoas físicas e jurídicas, eliminando os custos e reduzindo a burocracia.

Criptomoedas

As criptomoedas chegaram revolucionando o mercado financeiro. Esse recurso pode ser usado como uma das formas de pagamento disponíveis para a indústria, oferecendo maior segurança e outros benefícios aos usuários.

O “dinheiro virtual” garante maior facilidade nas negociações, funcionando como uma moeda universal. Isso significa que ele carrega um valor próprio, podendo ser usado em qualquer parte do mundo. Devido às características específicas, as criptomoedas têm uma quantidade máxima a ser atingida dentro da sua programação.

Isso significa que ela fica protegida contra a inflação, resultando em maior garantia sobre o seu valor. Assim, toda quantia negociada na indústria se preserva, evitando a desvalorização da moeda local e os impactos que o processo pode causar nas finanças das empresas.

Carteira digital

Uma das tendências que podemos observar no mercado financeiro é o uso das carteiras digitais. Elas revolucionaram o modo como os usuários realizam transações, eliminando a necessidade de ter em mãos um cartão de crédito ou débito e facilitando todo o processo de pagamento durante uma jornada de compra com total segurança e praticidade.

Outro benefício dessa solução reside na possibilidade de receber uma quantia de volta a cada compra realizada. O cashback é uma função bastante apreciada pelo público, já que possibilita o retorno de uma porcentagem do valor como método de bonificação para uso posterior do recurso com a mesma empresa.

Além disso, as carteiras digitais não ficam restritas apenas aos smartphones, podendo ser usadas por meio de outros dispositivos, como relógios e pulseiras. O cenário para essa tendência é promissor: segundo estudos, a tecnologia deve representar aproximadamente 28% do mercado mundial até 2022.

Viu como as formas de pagamento podem impactar os resultados na indústria? A Focco agora é parceira da BLU, responsável por desenvolver soluções para aumentar a competitividade de lojistas independentes.

Essa parceria possibilita total integração entre o FoccoERP com essa plataforma, garantindo ótimos benefícios no processo, como taxa zero na antecipação de recebíveis, ciclo de venda otimizado e facilidade na compra com fornecedores.

Acesse nosso site e veja como o sistema FoccoERP é a solução ideal para você otimizar sua gestão e alcançar resultados mais expressivos!

Guia completo sobre vendas B2B pela internet - Clique para baixar o e-book

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

diferença entre markup e margem de contribuição - pessoa utilizando calculadoradocumentos para exportação - homens usando capacete conferindo informações em um tablet