Consumidor millennial: quem é e qual sua influência no consumo

A geração que chamamos hoje de millennial, também conhecida como geração Y, tem causado consideráveis impactos na maneira como os produtos e serviços são produzidos, desenvolvidos e entregues aos consumidores e clientes.

O comportamento comercial mudou bastante, principalmente com a popularização dos meios digitais, tendo que se adaptar às inovações proporcionadas. Devido a esse fato, é muito importante ter um olhar voltado aos comportamentos e preferências do consumidor millennial, uma vez que essa é uma geração que cresceu no mundo digital e tecnológico!

Ficou curioso sobre o assunto? Deseja saber ainda mais sobre o consumidor millennial? Então, continue a leitura e confira!

Quem é o consumidor millennial e qual o seu perfil?

A geração millennial compreende um grupo de pessoas que nasceram entre 1980 e 1995. Uma ferramenta que marca bastante essa era é a internet, via tecnológica que possibilitou muitos avanços.

Dessa forma, millennials são pessoas que, devido à disponibilidade de ferramentas que o mundo online trouxe, anseiam por conteúdos de boa qualidade, sendo bem informados antes de realizar qualquer escolha.

É uma geração que valoriza muito as informações advindas de fontes não tradicionais. Por isso, informam-se através de vídeos do YouTube, blogs e diversos outros meios de comunicação.

Além dessas vias, utilizam também as redes sociais, com o intuito de se comunicar e interagir com as marcas.

Portanto, pertencem a um período dinâmico e se adéquam à tecnologia, estando constantemente conectados e sendo considerados quase sempre como pessoas impacientes e imediatistas.

O que considerar na hora de atrair esse tipo de público?

Agora que já sabemos quem são os consumidores millennials, é importante entender como fazer para atraí-los.

Preferência pelos centros urbanos

De acordo o que falamos anteriormente, o consumidor millennial é muito dinâmico. Por isso, está acostumando com a facilidade e a rapidez dos meios tecnológicas. Desse modo, tendem a resolver as coisas em um curto intervalo de tempo. Isso reflete diretamente na forma como gostam de se relacionar no âmbito dos negócios e do consumo.

Ao contrário das outras gerações, eles estão com mais chances de morar a quilômetros de distância do seu trabalho. No momento da escolha de um imóvel, por exemplo, preferem locais com acessibilidade aos centros urbanos. Buscam, portanto, bairros mais bem localizados e com excelente infraestrutura de comércio, transporte e escolas para os filhos.

Espaços compactos e funcionais

A palavra praticidade é uma das mais importantes para a geração millennial. Grande parte das pessoas que compõe essa geração prefere morar em apartamentos funcionais e menores. Além disso, preferem optar por condomínios versáteis, onde há áreas para praticar exercícios físicos, co-working e lavanderia.

Desejo por locações

Fazendo uma analogia com o tópico anterior, sabemos que o anseio por ter uma casa nova não é algo muito considerado pela geração millennial. Por serem menos apegados às coisas materiais, esses indivíduos visam muito o bem-estar e a qualidade de vida, ou seja, priorizam aspectos mais intangíveis da vida, como a sua felicidade.

Diante disso, no mercado imobiliário, isso reflete muito no fato de esse público não pensar em um lugar que represente a eles um compromisso maior, como a compra de um imóvel, por exemplo. A maioria dos indivíduos pertencentes a essa geração não se importam em viver no aluguel e ter um estilo de vida mais cômodo, o que é uma excelente oportunidade de negócio para quem anseia em gerar renda por meio da locação de imóveis.

Interesse por tecnologia

Sabemos que essa geração, ou grande parte dela, nasceu na era da tecnologia, em que, a todo instante, surgem inovações. Portanto, cada vez mais, as pessoas desejam que os seus problemas sejam resolvidos em apenas um “clique” e em um curto intervalo de tempo.

Por isso, é primordial que empresas automatizem seus negócios, para atender às demandas dessa geração. O consumidor millennial nasceu com a tecnologia vindo à tona, por isso, as ferramentas tecnológicas fazem parte de cada fase vivida por ele.

Como os varejistas devem atender os consumidores millennials?

De início, é necessário avaliar as principais tendências de consumo que estabelecem o perfil de consumo dessa geração. Assim, é possível descobrir a melhor maneira de investir em ações que agradem esse público.

Há alguns fatores que caracterizam a relação que os millennials têm com o consumo. Ao atentar-se a eles, você ganhará a confiança e o desejo desses consumidores. Veja a seguir.

  • valorização da experiência;
  • hiperconectividade;
  • busca de representatividade;
  • imediatismo;
  • curiosidade;
  • preocupação com a sustentabilidade;
  • personalização.

Estar por dentro das preferências desse grupo é uma crucial estratégia para se aproximar dos clientes. Diante de um mercado cada vez mais competitivo e com consumidores mais exigentes, saber o que os motiva e chama a sua atenção dá destaque a sua empresa.

Assim, concluímos este post falando sobre a importância de se adequar às exigências desse tipo de consumidor, uma vez que, para você realizar as suas vendas, você precisa oferecer produtos que se adéquem aos desejos do cliente!

Gostou do nosso post? Deseja conhecer mais sobre as vendas B2B? Então leia e fique por dentro do assunto!

Tudo o que você deve saber para ter a melhor equipe de vendas - Baixe o e-book grátis

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

viabilidade de exportação - homem em uma mesa de escritório analisando dados em um notebookimposto de exportação - armazém de um porto com diversos containers